Dentes inclusos

Os terceiros molares (dentes sisos) começam a erupcionar no final da adolescência, mais ou menos quando atingimos os 20 anos de idade. Na maioria das pessoas, os ossos maxilares não crescem o suficiente para acomodá-los de forma correta nas arcadas. Como resultado, permanecem inclusos ou impactados.

O que é um dente impactado?

Um dente que não irrompe totalmente através da gengiva na sua época correta de erupção é considerado um dente impactado. Normalmente isto ocorre com os terceiros molares, também chamado de dentes do “siso” ou dentes do juízo. Eles são os últimos dentes a se desenvolverem e a erupcionar.

Quais os problemas que podem estar associados aos dentes impactados?

Edema (inchaço), dor e infecção na gengiva são os problemas mais comuns que envolvem os dentes impactados, e é denominado pericoronarite. Danos permanentes a dentes vizinhos, como cárie e doença periodontal, doenças da gengiva e tecidos de suporte podem ocorrer. Até o desenvolvimento de cistos e tumores provenientes do capuz embrionário que envolve os dentes, podem destruir segmentos variáveis dos ossos maxilares. Alguns destes problemas podem surgir com pouco ou nenhum sintoma. Um exame radiográfico de rotina pode predizer se teremos problemas ou não associados aos dentes impactados.

O siso que ainda não causou nenhum problema, pode erupcionar algum dia?

Ninguém pode afirmar se os terceiros molares(sisos) irão erupcionar na arcada ou causar problema algum dia. Entretanto, considerando as estatísticas atuais, provavelmente não haverá espaço na arcada para a sua erupção, e problemas provavelmente ocorrerão.

Quando eu devo remover os meus sisos?

Com uma avaliação através de radiografias, principalmente a panorâmica, o cirurgião bucomaxilofacial pode prever se o dente incluso pode vir a causar algum problema. Em caso positivo, a remoção é indicada. A cirurgia de um dente incluso é sempre mais fácil nos pacientes jovens, nos quais as raízes ainda não estão totalmente formadas e a estrutura óssea facilita o procedimento, causando menos traumatismo no local. Ao contrário, em pacientes de idade mais avançada, além de curvaturas nas raízes, a estrutura óssea mais madura torna o procedimento de remoção mais difícil e traumático.Desta forma, a recuperação acaba sendo um pouco mais lenta.

O que ocorre após a cirurgia?

Normalmente o paciente apresenta graus variáveis de edema e um mínimo desconforto. Porém, com instruções pós-operatórias, medicações personalizadas e uma técnica cirúrgica apurada, estes fatores são extremamente reduzidos ou quase totalmente eliminados. Portanto, procure o cirurgião bucomaxilofacial para fazer uma avaliação dos seus terceiros molares(sisos) antes que eles causem problemas. Ele é o especialista mais indicado para lhe ajudar!

Cirurgia ortognática

Especialidade da odontologia que reposiciona o maxilar e/ou a mandíbula com deformidades.

Saiba mais

Implantes dentários

Os implantes aproximam-se bastante à anatomia e à estética dos dentes naturais e oferecerem maior estabilidade às próteses.

Saiba mais

Planejamento digital 3d

Dispomos de softwares para planejamento virtual da cirurgia ortognática e de implantes.

Saiba mais

Anestesia geral

Onde é realizada e quem vai cuidar de mim durante o procedimento cirúrgico? Toda cirurgia bucomaxilofacial sob anestesia geral é […]

Saiba mais

Cirurgia bucomaxilofacial

O que é Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial? Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial é a especialidade que tem como objetivo o diagnóstico […]

Saiba mais

Dentes inclusos

Os terceiros molares (dentes sisos) começam a erupcionar no final da adolescência, mais ou menos quando atingimos os 20 anos […]

Saiba mais

Analgesia inalatória com óxido nitroso

Onde é realizada e quem vai cuidar de mim durante o procedimento cirúrgico? A cirurgia sob sedação é realizada no […]

Saiba mais

Fisioterapia

A inter-relação entres as áreas da saúde tem se tornado um fato cada vez mais presente nos dias atuais e […]

Saiba mais

Fraturas dos ossos da face

Dentro da Traumatologia, o traumatismo da face assume um papel importante no tratamento dos pacientes acometidos. As principais causas do […]

Saiba mais

Fonoaudiologia e cirurgia bucomaxilofacial

A atuação Fonoaudiologia associada aos procedimentos de Cirurgia Bucomaxilofacial contribui para resultados superiores nos pacientes que tenham alterações em seu […]

Saiba mais

Doenças da boca

A mucosa bucal apresenta uma coloração rosa pálido e textura macia. Qualquer alteração em textura e cor pode significar um […]

Saiba mais

Cirurgia sob sedação

Onde é realizada e quem vai cuidar de mim durante o procedimento cirúrgico? A cirurgia sob sedação é realizada no […]

Saiba mais

Pós-operatório

Retorno ao trabalho Atualmente, utilizamos técnicas cirúrgicas minimamente invasivas (cortes pequenos, pouco sangramento e menor tempo cirúrgico), proporcionando mais segurança […]

Saiba mais